Coluna ADI 02/12/2021

“A queda do desemprego no Paraná também acontece pela excelência do plano estadual de vacinação”, disse Romanelli. (foto: assessoria/Alep)

Vitalidade econômica
O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) destacou a redução do desemprego no Paraná. A taxa ficou em 8% no trimestre encerrado em setembro, bem abaixo da média nacional, que foi de 12,6%. “A redução da taxa de desemprego reflete a vitalidade da economia do Paraná”, disse ao considerar ainda que o índice é igual ao do primeiro trimestre de 2020, no início da pandemia. Na avaliação de Romanelli, além da força e da diversidade econômica, a queda do desemprego no Paraná também acontece pela excelência do plano estadual de vacinação.

Saldo positivo
Dos 399 municípios paranaenses, 264 apresentaram saldo positivo na geração de emprego, o equivalente a 66,2% do total de municípios do Estado. Os principais geradores de emprego no período foram Curitiba (3.645), Maringá (1.064), Londrina (959), Foz do Iguaçu (745), Cascavel (563), Toledo (482), Pinhais (409), São José dos Pinhais (404), Matelândia (341) e Guarapuava (328). Dentre os demais municípios, 17 tiveram saldo zero e outros 118 apresentaram saldo negativo.

Geração de emprego
O secretário estadual de Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, ressalta que os números demonstram um alinhamento exemplar entre o Governo do Estado e o setor privado para promover políticas de geração de emprego. “Nossa gestão está comprometida em gerar mais oportunidades. De um lado fomentamos a criação de novas vagas através de diferentes iniciativas. De outro, fazemos a ponte com a empresa através das agências do trabalhador. Assim, movimentamos a economia do nosso Estado”, afirmou.

Passaporte sanitário
O deputado federal Luciano Ducci (PSB) apresentou projeto de lei que obriga a comprovação da vacinação completa contra a Covid-19 para a entrada no Brasil. De acordo com o texto, a medida vale para brasileiros e estrangeiros vindos do exterior por fronteiras aéreas, terrestres, fluviais ou marítimas. A proposta de Ducci sugere que a obrigatoriedade do passaporte sanitário seja mantida até que a Organização Mundial da Saúde declare o fim da emergência sanitária.

Nova Ferroeste
Iniciou nesta quarta-feira (1º), a sondagem de mercado com empresas interessadas em conhecer um pouco mais sobre o projeto da Nova Ferroeste. Serão seis dias de reuniões virtuais com 20 empresas, entre as maiores operadoras de ferrovias do mundo, além de grandes fundos financiadores. O investimento na Nova Ferroeste é estimado em R$ 29,4 bilhões. O vencedor do leilão na Bolsa de Valores de São Paulo (B3), programado para o segundo trimestre de 2022, vai executar a obra e explorar o empreendimento por 70 anos. A Nova Ferroeste deve se tornar o segundo maior corredor de grãos e contêineres do País, atendendo o transporte principalmente de soja e proteína animal.

Vice da OMS
O deputado Michele Caputo (PSDB), coordenador da Frente Parlamentar do Coronavírus, confirmou a presença da médica Mariângela Galvão, vice-diretora da OMS, na 22ª reunião do colegiado, marcada para a próxima terça-feira (7). O objetivo é esclarecer dúvidas referentes ao avanço da Ômicron, a nova variante da Covid-19 que tem deixado em alerta as autoridades de saúde. A reunião será transmitida ao vivo pela TV Assembleia, site e redes sociais do Legislativo a partir das 9h30.

Cargo mantido
O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve o registro de candidatura do atual prefeito de Paranaguá, no Litoral do Paraná, Marcelo Roque (Podemos). Os autores do recurso alegavam que Roque não poderia assumir o cargo, em virtude de essa situação configurar o terceiro mandato consecutivo do mesmo grupo familiar. Em 2012, o pai de Marcelo Roque havia sido prefeito da cidade, mas faleceu seis meses após assumir o cargo. Na eleição seguinte, em 2016, Roque foi eleito para conduzir a prefeitura. E, em 2020, foi reeleito para o cargo. O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE) julgou improcedentes as Ações de Impugnação ao Registro de Candidatura.

Transporte milionário
O Senado Federal autorizou, durante a Sessão Deliberativa Semipresencial, a concessão de empréstimo no valor de US$ 75 milhões entre o New Development Bank (NDB) e o município de Curitiba- PR. Os recursos destinam-se ao financiamento parcial do aumento da capacidade e velocidade do BRT do Eixo Leste-Oeste e Sul da capital paranaense. “Em nome de Curitiba, agradeço a inclusão na pauta, e a todos os colegas, pela aprovação deste projeto, que foi relatado por mim hoje. Realmente, Curitiba tem um sistema de transporte privilegiado, é quase um metrô a céu aberto, com canaletas exclusivas para os ônibus expressos. Esse dinheiro vai reforçar e melhorar ainda mais esse sistema”, destacou o senador Oriovisto Guimarães.

13º salário
De acordo com o levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), os pagamentos do 13º salário de 2021 devem injetar mais de R$ 8,3 bilhões na economia do Paraná. A primeira parcela venceu nesta terça-feira (30). A próxima parcela chega até o dia 20 de dezembro. Conforme o departamento, mais de 2,5 milhões de pessoas vão receber a gratificação.

Onças do Iguaçu
O censo realizado pelo Projeto Onças do Iguaçu, programa que trabalha com a conservação do meio ambiente em Foz do Iguaçu, estima que, em média, 24 onças-pintadas vivem no lado brasileiro do Parque Nacional do Iguaçu. O levantamento é realizado a cada dois anos. Em relação ao censo anterior, houve uma redução da estimativa – que era de 28 animais. Entre o Parque Nacional do Iguaçu (Brasil) e o Parque Nacional Iguazú (Argentina), a espécie saltou de uma população efetiva estimada em 50 indivíduos em 2008 para 90 indivíduos em 2016.

Na mira!
Integrantes da campanha do ex-juiz Sérgio Moro disseram que os ex-ministro busca se descolar da terceira via e se consolidar como anti-Lula. Eles garantem que Moro irá se candidatar, que é o que tem mais chances de derrotar Lula e que é o petista, e não Bolsonaro, seu principal alvo. Essa ideia inclusive já vem sendo feita nas suas redes sociais. De 30 posts publicados no último mês, dez são atacando Lula e nenhum atacando Bolsonaro.

Velho discurso
Assim que foi anunciado como filiado ao Podemos, Moro tem feito uma série de viagens e encontros políticos mirando construir uma candidatura presidencial no ano que vem. Sempre acompanhado da presidente do partido, Renata Abreu, o ex-juiz já se reuniu com dirigentes do Cidadania, PSL, DEM, Novo e Patriota. Na estratégia, a ideia de também atrair bolsonaristas arrependidos. A pré-campanha de Moro avalia que a mensagem que ele deve passar daqui em diante é de resgate de valores, algo que Bolsonaro usou nas eleições de 2018 mas, segundo aliados de Moro, não conseguiu entregar durante o mandato.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.