Coluna ADI 06/08/2021

Secretário estadual de Infraestrutura, Sandro Alex, acompanhando a vistoria nas obras de construção da ponte de integração entre Brasil e Paraguai. (Foto: crédito/assessoria)

Brasil-Paraguai
O secretário estadual de Infraestrutura, Sandro Alex, esteve em Foz do Iguaçu para acompanhar a vistoria nas obras de construção da Ponte da Integração, que está sendo construída entre Brasil e Paraguai. “Esta é uma das obras mais importantes do país e com orgulho ela está sendo realizada pelo Governo do Paraná, com a parceria do DER. Estamos com o cronograma em dia, chegando a 64% da execução dessa obra. É uma grande obra e para além da sua funcionalidade será mais um belo cartão postal da nossa Foz do Iguaçu”, disse. 

Ponte Lerner
A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (4) o regime de urgência para o Projeto de Lei que denomina “Ponte Jaime Lerner” a nova ponte de integração Brasil-Paraguai. O PL é de proposição do deputado federal Evandro Roman (Patriota) e poderá ser votado nas próximas sessões do Plenário. Arquiteto e urbanista, Lerner foi governador do Paraná por duas vezes e prefeito de Curitiba por três vezes. Ele morreu aos 83 anos, em maio deste ano. 

SEI
O presidente do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), conselheiro Fabio Camargo, oficializou o pedido de cessão do direito de uso do Sistema Eletrônico de Informações (SEI), desenvolvido pelo TRF-4. A utilização daquele sistema não terá custos ao TCE-PR e está alinhada ao objetivo de propor soluções tecnológicas para a melhoria dos processos, agilizando ainda mais o trâmite, facilitando o acesso e possibilitando mais integração com os jurisdicionados.

Pedágio
A Frente Parlamentar do Pedágio da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) e a OAB Paraná vão analisar a nova proposta do Governo Federal para o pedágio do estado. Os  contratos em vigor vencem em novembro. O tema esteve em pauta na reunião realizada na sede da seccional paranaense. “A OAB e a Frente continuam a defender o modelo de menor tarifa, sem outorga e sem qualquer outra cobrança que onere o preço final ao usuário”, afirmou o presidente da seccional.

Pedágio II
Segundo o Governo do Paraná, com a nova concessão de pedágio as tarifas poderão ter redução de até 50%.  A concessão rodoviária prevê investimentos de R$ 44 bilhões em obras, valor equivalente a 120 anos de orçamento federal para rodovias aplicadas somente no Paraná. 

Plano de desenvolvimento
O ex-prefeito de União da Vitória, Santin Roveda, defende um amplo plano de desenvolvimento para a retomada da economia das regiões sul, sudoeste e centro-sul do Paraná. “São três regiões que somam mais de um milhão de moradores de 76 cidades e que precisam de um plano estratégico de investimentos em áreas que considero prioritárias, como a agricultura, que fazem parte desta proposta do Paraná como maior produtor de alimentos do mundo”, disse Santin Roveda.

Fronteiras abertas
Os destinos que há pouco tempo abriram as suas fronteiras para brasileiros já registram um aumento considerável na procura por viagens a lazer, segundo as operadoras de viagens. Os destaques são a França, que permite desde julho a entrada de visitantes vindos do Brasil, e a Suiça, com fronteiras abertas a partir do final de junho. Em ambas as nações é exigido um comprovante de vacinação das duas doses contra a Covid-19. 

Emprego
O estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) mostra que o mercado de trabalho está se recuperando dos efeitos da pandemia e já apresenta números semelhantes ao período anterior à doença. O Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp), calculado pela instituição, aponta que houve uma alta de 1,6 pontos entre junho e julho, chegando a 89,2 pontos, maior nível desde fevereiro de 2020.

Prestação de contas
Se encerrará no próximo dia 17 de setembro o prazo para que partidos políticos e candidatos não eleitos nas Eleições Municipais de 2020 apresentem à Justiça Eleitoral as mídias eletrônicas com os documentos de suas prestações de contas eleitorais. O prazo para a prestação de contas das campanhas de candidatos e partidos políticos no pleito do ano passado havia sido suspenso em março por conta do risco de transmissão do novo coronavírus.

Energia renovável
O estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), nesta semana, mostra que o Brasil passou a assumir papel de liderança no processo de transição energética com a utilização de energias renováveis, no bloco dos Brics, composto ainda por Rússia, Índia, China e África do Sul. De acordo com os dados, a matriz energética brasileira, em 2019, foi formada por 45% de fontes renováveis e 54% de fontes fósseis. 

Energia renovável II
O estudo informa que a matriz energética dos demais países do Brics está altamente concentrada na utilização de energias fósseis. O maior percentual foi registrado na África do Sul, com a matriz energética formada por 97% de energia fóssil, seguida de Rússia (94%), que se caracteriza pela elevada utilização de petróleo, Índia (92%) e China (87%).

Nova direção
O novo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, tomou posse no Palácio do Planalto nesta quarta-feira. Em seu discurso, disse a Jair Bolsonaro que pretende atuar como um “amortecedor” e ter “equilíbrio” em suas ações. Além da posse oficial, o novo chefe da Casa Civil protagonizou uma festa em uma mansão no Lago Sul de Brasília.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.