Coluna ADI 06/10/2021

Terceira edição da Semana de Inovação do Paraná está marcada para acontecer até sexta-feira (8 de outubro).

Inova Paraná
Em solenidade realizada no Palácio Iguaçu, de lançamento da terceira edição da Semana de Inovação do Paraná, o vice-presidente da entidade, Wilson Bley informou que R$ 3 bilhões de reais estão parados nos cofres do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) pela falta de projetos. “Temos esse recurso e também a dificuldade para emprestá-lo aos municípios, especialmente aos pequenos, por não conseguirem exercer bons projetos, ou de fazer uma boa licitação, de fazer um bom termo de referência, por exemplo, ou simplesmente porque eles não têm projetos”, disse.

Inova Paraná II
A terceira edição da Semana de Inovação do Paraná está marcada para acontecer até sexta-feira (8 de outubro), em ambiente gratuito e virtual. “A elaboração e formulação de bons projetos deve ser algo discutido efetivamente, esta semana de inovação é uma ótima oportunidade. O BRDE também tem esse compromisso, de não apenas emprestar dinheiro, mas também de ajudar na criação de políticas públicas. Queremos um Paraná extremamente pujante”, disse Wilson Bley. “Nesta terceira Semana de Inovação vamos trabalhar muito esse tema. O ciclo começa lá na universidade, mas podemos ter a inovação lá entre as pessoas humildes, que produzem algo diferente”, completou Marcelo Rangel, superintendente de Inovação.

Constituição Cidadã
A Constituição Federal de 1988, principal símbolo do processo de redemocratização do Brasil, está completando 33 anos. Conhecida também como Constituição Cidadã pelos avanços em direção à cidadania e à dignidade da pessoa humana, é a sétima Carta da história do país que deu voz à sociedade civil organizada e consolidou o Estado Democrático de Direito. A Constituição é o maior conjunto de normas que rege o país. Ela estabelece, por exemplo, direitos e deveres dos cidadãos e cidadãs, disciplina o ordenamento jurídico e organiza o papel do poder público, definindo atribuições dos municípios, estados, União e dos três Poderes da República. Desde a sua promulgação, o Brasil vive o mais longo período de estabilidade institucional de sua história.

PLOA
O Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA), entregue à Assembleia Legislativa pelo chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Guto Silva, e pelo secretário da Fazenda, Renê Garcia, prevê um orçamento total de R$ 54,6 bilhões em 2022. Em relação a 2021, a receita orçamentária total tem aumento de 9%, e a receita tributária de 10%.  “Esse aumento da receita se dá em função da inflação. Mas é importante lembrar que nosso déficit do Orçamento deve chegar a R$ 2,4 bilhões, em função sobretudo da Saúde, com gastos ainda puxados pela pandemia e seus reflexos, e que vão permanecer nos próximos anos”, disse o chefe da Casa Civil.  

Tramitando
O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, afirmou que a tramitação da LOA já começou. “A peça foi lida e encaminhada à Comissão de Orçamento para análise. Agora temos o prazo regimental para recebimento de emendas”, disse. O Legislativo não pode encerrar o ano sem votar as condições orçamentárias para o ano que vem. “Pretendemos encerrar os trabalhos até 15 de dezembro. Até lá o projeto orçamentário tem que ser votado”, garantiu. Os valores destinados à Saúde, Educação Básica e Ensino Superior têm previsão de crescimento em 2022.

Cooperativas em Dubai
Um grupo de cooperativistas paranaenses em conjunto com representantes do Sistema Ocepar vão integrar a delegação que irá participar da Expo Dubai 2020, nos Emirados Árabes Unidos. A missão é organizada pelo governo do Estado, que irá promover o evento Paraná Business Experience 2021, entre os dias 10 e 16 de outubro, no Pavilhão do Brasil montado na feira internacional. Segundo o presidente do Conselho de Administração da Cocamar e diretor da Ocepar, Luiz Lourenço, o Oriente Médio é um potencial importador. Poder participar de um evento dessa magnitude é fundamental para avançarmos nesse objetivo”, destacou.

Outubro Rosa
O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) destacou a importância da Campanha Outubro Rosa para conscientizar as mulheres sobre os cuidados com a saúde. “O mês é dedicado à prevenção do câncer feminino, mas serve para estimular as mulheres a adotarem, ao longo de todo o ano, o hábito de realizar exames para manter uma vida plenamente saudável. A pandemia de Covid-19 alterou os atendimentos nos estabelecimentos de saúde e reduziu a busca por exames. É necessário retomar a prática com toda força possível”, disse Romanelli.  Neste ano, a campanha Outubro Rosa da Assembleia Legislativa foi nominada “Mulher por Inteiro!”.

25 anos
O chanceler da Uninter, professor Wilson Picler, recebeu do vereador Nori Ceto (PP) os votos de congratulações e aplausos, aprovados pela Câmara Municipal de Curitiba, pelos 25 anos de atuação da universidade presente hoje em 700 cidades brasileiras (800 polos de apoio presencial) e seis estados dos EUA. “Os votos de congratulações e aplausos são o reconhecimento a tudo aquilo que a Uninter representa para Curitiba,  para o Brasil e para a educação como um todo”, disse Nori Ceto.  “Essa iniciativa muito nos honra. É motivo de muita satisfação receber esta menção honrosa dos 25 anos de Uninter”, agradeceu  Wilson Picler.

Fiquem alertas!
O secretário de estado da Saúde do Paraná, Beto Preto, que o Paraná está em quarta colocação no país no número de vacinados e pediu a conscientização da população e fez o apelo para que todos se vacinem contra Covid-19. Beto Preto informou que 97% da população adulta do Paraná já recebeu, ao menos, uma aplicação. “O número de casos de covid-19 não teve tanta redução, mas a gravidade da doença sim. Nós temos, com a vacina, uma queda enorme nos casos graves. Precisamos continuar usando máscara, mantendo distanciamento social e a lavagem das mãos, detalhes que são fantásticos para frear a variante Delta, que já é predominante no Estado”, disse. 

Cirurgias eletivas
Durante prestação quadrimestral de contas da pasta à Assembleia Legislativa do Paraná, Beto Preto, destacou a retomada das cirurgias eletivas no estado e lembrou que a demanda é grande por conta do número represado pelo enfrentamento à pandemia. “Temos feito esforços com caixa do Governo do Estado de R$ 50 milhões e mais R$ 19 milhões, ainda para 2021, do Ministério da Saúde”, afirmou Beto Preto. De acordo com ele, a SESA está organizando mutirões nas regionais com os municípios para atender preferencialmente cirurgias próximas de onde os pacientes residem.

Prioridade Absoluta
O ex-prefeito Satin Roveda destacou a entrega da premiação do juiz Carlos Eduardo Mattioli Kockanny, da comarca de União da Vitória, pelo primeiro lugar do Prêmio bsoPrioridade Aluta do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no eixo “Protetivo” e categoria “Juiz”. O juiz premiado iniciou o projeto “Combate à Evasão Escolar” em 2008 através da Vara da Infância e Juventude e do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc). O prêmio foi entregue na sexta-feira, 1º de outubro.

Terapia celular
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a realização de um estudo clínico com células-tronco no tratamento de pacientes com Covid-19. O objetivo é avaliar a segurança do medicamento. A autorização abre caminhos para possíveis estudos na área da terapia celular avançada, uma vez que ainda não há nenhum registro de medicamento com células-tronco no tratamento de Covid-19 no país. Hospitais no Paraná, Bahia, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro irão participar do estudo.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.