Coluna ADI 11/12/2020

Hussein Bakri (PSD), reforça a importância da aprovação do PL que irá diminuir em 50% o valor para registro de veículos financiados. (Foto: Divulgação/Alep)

Taxa de gravame
Líder do governo na Alep, Hussein Bakri (PSD), reforça a importância da aprovação do PL que irá diminuir em 50% o valor para registro de veículos financiados. “Hoje esse serviço é prestado por 14 empresas privadas ao custo de R$ 350 para os motoristas e passará a ser gerido pelo próprio Detran por uma taxa de R$ 173,37. Além da redução do preço, os recursos arrecadados ficarão integralmente no caixa do Estado e poderão ser usados, por exemplo, na recuperação de estradas e em campanhas educativas de trânsito”. 

Pátios veiculares
Hussein destacou também a tramitação do projeto de lei que repassa à iniciativa privada a manutenção dos pátios veiculares. A proposta permitirá a realização de parcerias público-privadas para os serviços de remoção e guarda de veículos, gestão dos pátios e preparação para leilões veiculares. “Além de agilizar e dar mais eficiência a esses serviços prestados à população, essas concessões vão desafogar em R$ 10 milhões por mês o caixa do Detran, que hoje é responsável por administrar e manter os pátios”, disse. 

Testou positivo
O presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado estadual Ademar Traiano (PSDB), testou positivo para Covid-19. Sem sintomas, ele cumpre isolamento domiciliar e ficará afastado das atividades conforme orientação médica. Nesse período, o primeiro secretário da Assembleia, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), assume o comando das sessões plenárias.

Universidades do PR
A deputada federal Luísa Canziani (PTB) destacou a liberação de recursos, confirmado pelo Ministro da Educação Milton Ribeiro, que serão investidos na melhoria da estrutura das universidades do Paraná. “Conseguimos a liberação de R$ 2 milhões para os campus da UTFPR Câmpus Apucarana e Utfpr – Cornélio Procópio”, disse Luísa. 

Reta final
Guto Silva, Chefe da Casa Civil, informou que lideranças do governo do Paraná se reuniram para tratar sobre projetos em andamento e a reta final de mais um ano de gestão. “Em reunião com o governador Ratinho Junior e o líder do governo na Assembleia legislativa, Hussei Bakri tratamos sobre o fechamento da pauta legislativa deste ano, com o encaminhamento de projetos para o Legislativo, trabalho intenso nessa reta final de mais um ano de gestão”, afirmou Guto.

Mais influentes
Deputado federal Filipe Barros (PSL) publicou em suas redes sociais o resultado do PSB influência. O FSB Influência mede a performance de cada parlamentar. Barros está no topo da lista, entre os parlamentares mais influentes. O ranking leva em consideração o número de seguidores, o alcance e o volume de posts, o número e a intensidade das interações no Facebook, no Instagram e no Twitter. 

Vacina obrigatória
O STF começaria a julgar nesta sexta-feira se estados e municípios podem obrigar a população a ser vacinada contra a Covid-19. Ministro Luiz Fux retirou o tema da discussão e o levou para deliberação do plenário físico. Fux tem a intenção de pautar para quarta-feira, 16, véspera do recesso do Judiciário, uma ação que discute uma tese mais ampla sobre a vacinação obrigatória. 

Logística da imunização
O Ministério da Saúde liberou  R$ 59,4 milhões para reestruturar a Rede de Frio que realiza o processo de armazenamento, conservação, manipulação, distribuição e transporte de vacinas do Plano Nacional de Imunização (PNI). Para o Paraná serão destinados R$ 2,4 milhões a tempo de organizarmos nosso plano estadual de vacinação.

Logística da imunização II
Os shoppings centers estão se organizando para contribuir com a logística da imunização contra Covid-19 no Brasil. Empreendedores pretendem usar as dependências dos complexos para a etapa de vacinação. Para isso, seriam usados as áreas dos estacionamentos e espaços internos. Estuda-se, ainda, a utilização dos shoppings como forma de ampliar a capacidade de armazenagem e distribuição das vacinas. Ao todo, são mais de shoppings 584 pelo país. 

Blocão’ de Maia
A eleição para presidente da Câmara está marcada para fevereiro de 2021, mas já movimenta os corredores de Brasília. Atual chefe da Casa, Rodrigo Maia anunciou a formação de um bloco com seis legendas (DEM, PSL, MDB, PSDB, Cidadania e PV) em torno de um candidato que ainda será escolhido. Arthur Lira, é aliado de Bolsonaro e o postulante governista ao cargo.

Presidência do Senado
Davi Alcolumbre (DEM) passou os últimos dias em conversas individuais com senadores para tentar manter a mobilização de forças que havia construído em torno da própria reeleição. Alcolumbre avalia que ainda tem o voto de 40 colegas para eleger alguém do seu grupo. Bastidores afirmam que Rodrigo Pacheco (DEM-MG) seria o parlamentar capaz de receber esses votos numa composição com o PSD. 

Novo ministro
Marcelo Álvaro Antônio deixou o Ministério do Turismo, para o seu lugar Jair Bolsonaro confirmou Gilson Machado. Presidente da Embratur, o novo titular do Turismo é empresário e dono de pousada no Nordeste. Além disso, é sanfoneiro do grupo Brucelose e já usou o instrumento em muitas lives do presidente. Machado diz ter sido o autor da ideia de acabar com a exigência de visto para americanos no Brasil e é um defensor da liberação de cassinos. 

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *