Coluna ADI 30/07/2021

Vice-governador Darci Piana e a paranaense, Erica Gomes, nova convocada para a Seleção Brasileira de Futebol Feminino Sub-17. (Foto: crédito/assessoria)

PR no Sub-17
A paranaense Erica Gomes, 15, foi convocada para a Seleção Brasileira de Futebol Feminino Sub-17. Erica iniciou no Programa Aprender & Jogar do Sesc Paraná, no Bairro Pinheirinho, em Curitiba,  quando tinha 10 anos de idade. O Aprender & Jogar é um programa do Sesc Paraná, voltado à iniciação esportiva gratuita de crianças e adolescentes. Erica irá representar e inspirar milhares de jovens paranaenses.

PR no Sub-17 II
Erica praticou todas as modalidades esportivas ofertadas pelo programa e descobriu-se no futebol. Com grande habilidade na perna esquerda, logo se destacou, despertando o interesse do Internacional, de Porto Alegre, time pelo qual disputou o último Campeonato Brasileiro Sub-16, com excelente desempenho como lateral esquerda, sendo convocada para a Seleção Brasileira.

Business matching
Maringá é uma das dez cidades espalhadas pelo mundo que participam do seminário internacional ancorado por Dongguan, na China. O evento virtual funciona como uma espécie de networking entre instituições públicas, ambientes econômicos e empresas. O objetivo é o estabelecimento de parcerias envolvendo novos negócios e cooperação econômica.

Business matching II
O seminário é um mecanismo fundamental para que as empresas em processo de internacionalização estreitem as parcerias de negócios. O seminário ocorrerá nesta sexta-feira, 30, com transmissão ao vivo via plataforma Zoom. O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, confirmou presença e vai apresentar o setor econômico e turístico do município.

Variante delta
A Secretaria de Estado da Saúde, o Ministério da Saúde e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) confirmaram a transmissão comunitária da variante delta do coronavírus no Paraná. Na ocasião, o secretário Beto Preto alertou à população que não deixem de tomar a segunda dose. “A imunização vai se mostrar o elemento mais importante do escudo imunológico que o cidadão pode ter”, afirmou.

Websérie BRDE
O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) lançou nesta semana no Paraná uma websérie que destaca seus parceiros. O objetivo é complementar a campanha dos 60 anos da instituição e reforçar o papel do BRDE para empresas que procuram inovação e desenvolvimento ao longo dos anos de história da instituição financeira. A série de vídeos será divulgada nas redes sociais oficiais do BRDE. 

Contra a covid
O Paraná recebeu até o momento 9.671.370 doses de vacinas do Ministério da Saúde, sendo que 7.830.008 já foram aplicadas nos braços dos paranaenses. 5.951.781 pessoas foram vacinadas no Paraná, o que corresponde a 68,2% da população adulta do Estado, sendo que um quarto dos paranaenses já estão completamente imunizados.

Paridade no Júri
O senador Flávio Arns (Podemos) apresentou o Projeto de Lei que estabelece a paridade de vagas entre homens e mulheres nos conselhos de sentença dos tribunais do júri. De acordo com a proposta, dos sete jurados que compõem o conselho, pelo menos três deverão ser mulheres. “Foi pensando no caso Tatiane Spitzner, onde o jurado era formado exclusivamente por homens, pedimos com isso a paridade no grupo”, disse Arns.

‘Terceira via’
Ciro Gomes (PDT) lidera a preferência dos eleitores da chamada ‘terceira via’ contra Lula e Bolsonaro na disputa ao Planalto em 2022, mostra pesquisa da Futura Inteligência em parceria com o Modalmais. Já o Instituto Paraná Pesquisa o terceiro pré-candidato com maior aprovação dos eleitores é o então apresentador Datena, com 7%. 

Após recesso
O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que, assim que acabar o recesso parlamentar, pautará o projeto de lei que trata sobre a privatização dos Correios e as reformas tributária, política e administrativa. “Temos ainda que discutir a reforma eleitoral. A Câmara segue fazendo seu papel, que é de aprovar a modernização legislativa, sempre em discussão com a maioria dos líderes”, acrescentou.

Reforma tributária
A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) se posicionou contra a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 110/2019, que trata sobre a reforma tributária e tramita no Senado Federal. Pela medida, o país teria dois tributos sobre consumo: CBS (Contribuição sobre Bens e Serviços) e o IBS (Imposto sobre Bens e Consumo). “A PEC distorce o pacto federativo e fere a autonomia dos governos locais ao propor a unificação de tributos estaduais e municipais”, diz a FNP.

Reforma tributária II
O relator da reforma tributária, deputado Celso Sabino (PSDB-PA), disse que entre os ajustes que estão sendo feitos no seu relatório está a isenção das empresas do Simples Nacional do pagamento de impostos sobre a distribuição de lucros e dividendos. A medida gerou insatisfação de vários setores, especialmente médicos e profissionais liberais que alegam que passarão a pagar mais impostos.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.