A comunicação paranaense perde uma de suas principais referências, por João Evaristo Debiasi

A comunicação paranaense perdeu nesta quinta-feira (15) uma de suas principais referências. Michel Micheleto, diretor executivo da rádio Banda B e presidente da Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná (Aerp), morreu vítima da Covid-19, aos 59 anos. Deixa dois filhos e esposa.

A rádio e o jornalismo de credibilidade eram suas verdadeiras paixões. Michel pensava no ouvinte, no papel comunitário dos meios de comunicação, na transformação digital e na perspectiva de ajudar a criar uma sociedade mais justa. Trabalhava com muita dedicação, serenidade, otimismo e era querido pelos seus colegas e pelas pessoas que o conheceram.

Foi exemplo para todo o País. Falava com jornalistas e autoridades de outros estados, palestrava, ensinava os mais jovens e era, como não podia ser diferente, bom ouvinte. Michel tinha muito zelo pela informação qualificada, principalmente nessa era de notícias falsas.

A Aerp, entidade que presidia, é uma das mais respeitadas do Brasil. Foi fundada em 19 de julho de 1975 e conta com mais de 320 associados.

É dia de silêncio na rádio.

Em nome do Governo do Paraná, meus profundos sentimentos.

João Evaristo Debiasi – Secretário de Estado da Comunicação Social e Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *