Acordo com a Infraero eleva de patamar o Aeroporto de Cascavel

O prefeito Leonaldo Paranhos assinou nesta terça-feira (24) contrato com a Infraero, que passará a prestar serviços de consultoria ao Aeroporto Municipal de Cascavel. O contrato envolve também a Transitar e prevê, ainda, produtos de engenharia e a elaboração do Estudo de Viabilidade Técnico e Econômico de concessão do aeroporto.

“É muito importante ter a marca Infraero em Cascavel, uma marca espetacular, reconhecida mundialmente. Isso vai contribuir para nos colocar em uma posição ainda de mais destaque no cenário da aviação. Quero fazer o meu reconhecimento às lideranças de Cascavel que estão nos auxiliando e, nessa questão do aeroporto, agradeço ao trabalho do deputado [Fernando] Giacobo que auxiliou nos contratos com a SAC, Anac e Infraero. Nós ainda vamos fazer um evento em Cascavel entregando as chaves do aeroporto para a Infraero”, afirmou Leonaldo Paranhos.

O prefeito destacou a importância da escolha da empresa pública nacional.”A Infraero foi nossa escolha porque a expertise da empresa consolida os investimentos já feitos e prepara o aeroporto para um novo momento”, disse.

SERVIÇOS
O serviços técnicos contemplados no contrato são duas consultorias, uma para apoio técnico nas questões operacionais, incluindo certificação operacional, e outra na área comercial, a fim de que o aeroporto desenvolva seu mix de varejo (lojas e facilidades) e áreas externas (locadoras, estacionamento, etc). Também está prevista a elaboração dos projetos de engenharia para implantação de auxílios à navegação aérea (ILS, ALS e PAPI) e respectivas homologações, e de Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica para subsidiar o processo de concessão do aeroporto.

“Essa parceria com a Prefeitura de Cascavel é mais um passo para que a gente possa alavancar a aviação regional no País e é muito relevante para a Infraero do ponto de vista dos serviços que envolvem esse contrato”, destacou o presidente da Infraero, Brigadeiro Paes de Barros.

O prazo de vigência do contrato é de 20 meses, contados a partir da data da assinatura, prorrogável de acordo com a legislação. A estimativa de duração dos serviços é de 18 meses.

Alerta Paraná/Foto: Divulgação