Anvisa pode liberar vacinação contra Covid para crianças de 5 a 11 anos

A vacinação contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos pode ser liberada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) neste sábado (18), afirmou o secretário de Saúde de Minas, Fábio Baccheretti, em coletiva nesta segunda-feira (13).

De acordo com o gestor, a chegada da variante Ômicron do coronavírus, que ainda não foi confirmada no Estado, mas há a suspeita de quatro casos, mudou o planejamento da pasta, principalmente em relação ao Carnaval.

“No primeiro momento, o Carnaval será numa situação vacinal muito melhor. Teremos toda a população do público-alvo vacinada. Nossa expectativa é que no dia 18 a Anvisa libere a vacina para a população de 5 a 11 anos e em janeiro a gente receba o imunizante”, afirma.

Conforme Baccheretti, as doses que o país já dispõe não poderão ser aplicadas nesse público, pois é preciso realizar uma alteração no frasco. Por isso, a necessidade de esperar até o ano que vem para se iniciar a nova fase da campanha.

“Se conseguirmos dar a primeira dose em janeiro, em 21 dias a gente daria a segunda. No Carnaval teríamos, sim, as crianças com duas doses. É a nossa expectativa pelo prazo estabelecido pelo ministério”.

Além disso, o Estado está discutindo a possibilidade de reduzir o tempo do reforço após a segunda dose para quatro meses – atualmente, o intervalo é de cinco meses.

“Se confirmamos que a Ômicron tem um efeito muito diferente com o reforço em relação a apenas duas doses, talvez essa decisão seja tomada em nível estadual sem esperar pelo Ministério da Saúde”, conclui.

De acordo com o Vacinômetro, painel de monitoramento da SES, 91,3% da população mineira acima dos 12 anos já foi imunizada. Em relação à segunda dose, a cobertura é de 81,7%.