Anvisa vai avaliar neste domingo os pedidos de uso emergencial das vacinas contra a covid-19

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou hoje (16) que a reunião marcada para amanhã (17) com o intuito de avaliar os pedidos de uso emergencial das vacinas contra a covid-19 deve durar pelo menos cinco horas. O encontro será transmitido ao vivo pela internet e vai começar às 10h.

Dois imunizantes estão na pauta da Anvisa: a CoronaVac, fabricada e desenvolvida pelo Instituto Butantan em conjunto com a farmacêutica Sinovac; e a da Fiocruz, que é resultante de estudos da Universidade de Oxford, na Inglaterra, em parceria com o laboratório AstraZeneca.

Além da live disponibilizada pelos canais de comunicação da Anvisa, emissoras de TV anunciaram que vão transmitir a reunião. A data da reunião corresponde ao último dia do prazo definido para analisar pedidos de uso emergencial de vacinas.

A Anvisa é o órgão responsável pela liberação de imunizantes e medicamentos no Brasil. Serão analisados os dados de relatório elaborado pela área técnica do Instituto Butantan e da Fiocruz sobre os respectivos pedidos.

UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *