Ataque de abelhas deixa pessoas feridas no interior do Paraná

Um ataque de abelhas deixou mais de 20 pessoas feridas em Japurá (PR), a 532 quilômetros de distância de Curitiba, na tarde de ontem. O grupo estava às margens do Rio dos Índios quando houve o avanço dos insetos. Ao menos três pessoas ficaram em estado mais grave, segundo o Corpo de Bombeiros de Cianorte, que atendeu a ocorrência.

Uma ambulância e um caminhão do Corpo de Bombeiros foram deslocados até o local, mas os feridos já tinham saído em busca de atendimento médico por conta própria. O acesso à área de banho foi isolado.

Conforme o cabo dos Bombeiros Rafael dos Santos Souza Vaz, havia cerca de 30 pessoas na área do ataque. Entre elas, algumas crianças que foram colocadas dentro de um carro para escapar das abelhas. “No caminho a gente foi encontrando algumas pessoas que estavam deixando o local, com ferroadas em locais visíveis. Quando chegamos, uma senhora estava sendo atendida em uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).”

A maior parte dos feridos foi levada para o Hospital de Japurá. De acordo com a enfermeira plantonista Lindalva Viana da Silva, 22 pessoas deram entrada na unidade e, entre elas, estava uma idosa de 62 anos que levou mais de 200 ferroadas. “Ela ficou três horas em observação, mas teve resposta imediata à medicação e depois já estava bem”, contou a enfermeira.

Já um homem de 38 anos recebeu mais de 50 ferroadas ao tentar salvar um bebê, também levado ao hospital. “Ele deitou em cima do bebezinho que, por um milagre de Deus, não teve nenhuma picada”, conta Lindalva. Por volta das 19h de ontem, 20 pessoas já tinham recebido alta. Duas idosas foram transferidas para o hospital de Cianorte – não foi informado se elas já receberam alta.

No local dos ataques, algumas pessoas ainda tentavam chegar à área de banho para tentar encontrar pertences, como as chaves dos carros. Os bombeiros realizaram o recolhimento de alguns pertences abandonados, em sua maioria de baixo valor, que foram deixados nas margens da estrada de acesso, distante do foco do ataque. A equipe do Corpo de Bombeiros não atendeu nenhuma vítima.

UOL/Imagem: Divulgação/Corpo de Bombeiros de Cianorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *