Banco do Brasil nega saída de Brandão da presidência

O Banco do Brasil divulgou, na noite dessa sexta feira(26), nota aos seus investidores negando que o presidente da instituição, André Brandão, tenha pedido para deixar o cargo. A informação de que Brandão havia comunicado ao ministro da Economia, Paulo Guedes, de que não pretendia seguir na função foi veiculada por alguns veículos de imprensa no início da noite.

“Em referência às notícias veiculadas na mídia nesta data envolvendo o seu presidente André Guilherme Brandão, o Banco do Brasil S.A. (“BB”) informa que não houve pedido de renúncia por parte de seu presidente”, diz a nota de Fato Relevante, divulgada há pouco pelo banco, assinada pelo vice-presidente de Gestão Financeira e de Relações com Investidores, Carlos José da Costa André.

Jair Bolsonaro tem criticado Brandão publicamente, o que tem alimentado rumores de uma eventual troca no comando do BB. Ele reclamou do plano de demissão voluntária e do fechamento de agências país afora feito pelo banco. O presidente, segundo assessores, não tem interesse em demitir Brandão no momento, por causa da repercussão da intervenção feita por ele na Petrobras, com a substituição de Roberto Castello Branco pelo general Joaquim Silva e Luna.

Congresso em Foco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *