Cobrança de exames RT-PCR para estrangeiros em Foz do Iguaçu não será na Ponte da Amizade

Blitz serão realizadas nas adjacências da Ponte Internacional da Amizade, afirma a Secretária de Saúde de Foz do Iguaçu /Foto: Rádio Cultura

A Secretária de Saúde de Foz do Iguaçu, Rosa Jeronymo explicou os novos Decretos emitidos na última semana pelo Governo do Estado e Prefeito Municipal. Entre as medidas, a Secretária reforçou como serão cobrados os exames RT-PCR de estrangeiros que entram pela Ponte da Amizade em Foz.

De acordo com Jeronymo, a prefeitura não tem competência para fiscalizar na Ponte Internacional da Amizade, já que é uma área Federal. Por esse motivo, a fiscalização dos estrangeiros que entrarem no Brasil pela ponte irá ocorrer nas adjacências da BR-277, ou seja, apenas nos bairros próximos, como Jupira e Vila Portes.

A seretária salientou que a fiscalização será aleatória. “A blitz, que contará com agentes da Guarda Municipal, do Foztrans, será no entorno da Ponte Internacional da Amizade, onde os carros mais circulam, é claro que não vamos parar todos os carros, mas terá uma observação das vans, das ambulâncias” informou. Se o estrangeiro for flagrado sem o exame, será orientado a retornar ao Paraguai.

Rosa também informou que brasileiros que trabalham no Paraguai não terão problemas com a blitz. “Já dissemos isso, a pessoa pode pegar uma declaração que está indo para o trabalho e não terá problema” destacou .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *