Confira três parques de Curitiba fora do circuito turístico tradicional da cidade

Além dos famosos parques do Jardim BotânicoParque Barigui e Parque Tanguá, existem parques pouco conhecidos na capital paranaense que também valem a visita dos turistas. Como eles estão fora do circuito turístico mais tradicional, costumam ser mais vazios e tranquilos. Confira três deles:

Parque Vista Alegre

Inaugurado em 2015, o Parque Vista Alegre ainda é pouco conhecido pelos curitibanos. Localizado no bairro de mesmo nome, a unidade de conservação possui 100 mil metros quadrados de área. O espaço do parque é pequeno, mas revela uma grande surpresa: uma cachoeira de sete metros, que deságua em uma piscina natural. Foto: Luiz Costa/SMCS

Parque Lago Azul

A zona sul abriga um dos mais belos (e pouco conhecidos) parques curitibanos: o Parque Lago Azul. A área localizada no bairro Umbará foi adquirida pelo município em 2007 e passou a funcionar como parque em 2009. Mas ela já era utilizada como área de lazer muito tempo antes disso. Nas décadas de 1960 e 1970, ali funcionava um parque particular, que era propriedade da família Segalla. Foto: Luiz Costa/SMCS

Parque Passaúna

Na parte oeste de Curitiba, o destaque fica para o Parque Passaúna. Apesar de ser um dos maiores da cidade, a distância em relação à área central o torna desconhecido para muitos moradores. Inaugurado em 1991, o Parque Passaúna foi criado para preservar a qualidade da água da represa do rio homônimo. A principal atração do local é um mirante de 12 metros de altura localizado no alto de um morro à beira da represa. O espaço oferece uma visão privilegiada das águas, da mata e do município vizinho, Campo Largo.

Fonte: Paraná Portal