Cooperativa Sicredi Fronteiras comemora três décadas de história

A Cooperativa Sicredi Fronteiras PR/SC/SP completa 30 anos de fundação nesta terça-feira (29/12). Ao comemorar três décadas de trajetória, com mais de 72 mil associados e R$ 2 bilhões administrados em ativos, a Sicredi Fronteiras relembra suas conquistas, fruto de um trabalho árduo e comprometido e deseja agradecer a todos que se empenharam para superar os desafios encontrados durante o percurso de constituição e consolidação da cooperativa.

A história inicia quando 30 agricultores se inspiraram em ideais semelhantes aos incentivados no Rio Grande do Sul pelo padre Theodor Amstad e criaram a Credesul, em 29 de dezembro de 1990.

A Credesul nasceu da necessidade de facilitar o acesso ao crédito para financiar o agronegócio em pequenos municípios do Sudoeste do Paraná, fazendo com que os recursos permanecessem na região e retornassem para o meio rural novamente.

“Como presidente, me sinto feliz pelo apoio e suporte que sempre tivemos de nossos associados, isso foi fundamental ao longo desses 30 anos para superarmos os desafios de um mercado em constante transformação, estar à frente desse empreendimento é uma grande responsabilidade, nosso compromisso é formar pessoas, desenvolver líderes e estimular a cultura pensante, visando a perenidade da Cooperativa”, afirma o presidente da Cooperativa, José César Wünsch.

A Sicredi Fronteiras PR/SC/SP desde o princípio, busca o resultado econômico, mas também o social, educacional, cultural e ambiental, e sua realização se dá através do reconhecimento da sociedade, da valorização dos relacionamentos e, principalmente, na concretização dos sonhos de seus associados. “Passados trinta anos, revendo a história, a gente vê o orgulho do nosso associado, a realização das pessoas alcançando seus propósitos, seus objetivos, e essa é a maior conquista da Cooperativa. São as pessoas que acreditaram, a união de forças e ideais, sem as quais não seria possível cooperar.”, destaca a diretora executiva da Sicredi Fronteiras, Adriana C. B. Mêes.

Sistema Ocepar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *