Curitiba deve vacinar gestantes na próxima semana

Foto: Dado Ruvic/ Reuters

Com a previsão de chegada ao Paraná de 62 mil novas doses no início da outra semana, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) anunciou que refez o cronograma. “Com muito planejamento e gestão das doses das vacinas recebidas do governo federal estamos avançando na imunização de mais um grupo prioritário”, diz a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.  

As doses estão liberadas para grávidas (em qualquer idade gestacional) com mais de 18 anos que apresentarem carteira do pré-natal da Rede Pública ou Privada. Também será aceito resultado positivo de laboratório. Para Rede Particular será aceita a declaração médica padrão para vacinação (opcional).

As mulheres que tiveram bebês a partir do dia 25/3/2021 (puérperas) podem apresentar a Carteira da Criança ou a certidão de nascimento. Aquelas que tomaram a vacina contra gripe precisam aguardar 14 dias antes de receber a dose contra o coronavírus.

Pessoas com Síndrome de Down, com mais de 18 anos, devem apresentar a declaração médica ou outro documento que comprove sua condição.

“Estamos sendo rigorosos na solicitação dos comprovantes das pessoas que se enquadram nos critérios de vacinação porque estamos comprometidos a seguir o Plano Nacional de Imunização e evitar fura-filas em Curitiba”, destaca a secretária.

Todos devem preencher antecipadamente o cadastro no aplicativo Saúde Já e, para agilizar a fila, levar impresso e preenchido o termo de consentimento. Ele deverá ser entregue na hora da vacinação, junto com outro documento de identificação, com foto, e comprovante de residência atualizado. Também é importante levar sua própria caneta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *