Deputado Aliel Machado anuncia mais conquistas para combate a Covid-19

Deputado federal Aliel Machado. Foto: arquivo.

O deputado federal Aliel Machado (PSB) anunciou nas redes sociais uma série de medidas de combate à Covid-19. Entre elas está a conquista de mais doze ventiladores pulmonares (respiradores) para auxiliar hospitais no combate à Covid-19. Além disso, o parlamentar também falou sobre a autorização para o credenciamento de leitos de UTI Covid do HU-UEPG, que passa a receber recursos específicos, sobre a apresentação de projetos para ampliar o número de profissionais na linha de frente do combate à doença e também da cobrança por mais vacinas, feita diretamente ao Ministério da Saúde.

Os equipamentos devem chegar nos próximos dias. A negociação contou com o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, além do secretário municipal, Rodrigo Manjabosco, e do reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa, Miguel Sanches Neto. “O ventilador pulmonar é o equipamento mais importante para a recuperação dos pacientes com Covid. Esse equipamento tem chegado a custar R$ 100 mil e está em falta. Devemos deixar sete deles no HU-UEPG, além de outro que dará suporte para a abertura da nova UPA”, revelou o deputado.

Entre as medidas, Aliel ainda destacou a portaria do Ministério da Saúde que, após a reunião da bancada do Paraná, autorizou o credenciamento de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com atendimento exclusivo dos pacientes COVID-19, para ter recursos do Bloco de Manutenção das Ações e Serviços Públicos de Saúde – Grupo Coronavírus (COVID 19), a ser disponibilizado aos Estados e Municípios. Com isso, o Hospital Universitário passa a receber recursos específicos do Sistema Único de Saúde (SUS). O deputado também revelou a preocupação com a falta de vacinas.

“Fui o primeiro a questionar o ministro. Minha primeira pergunta foi sobre a quantidade de vacinas destinadas ao Paraná, que é menor que outros estados do mesmo porte. Sabemos que vacina é fundamental. Houve compromisso do ministro de que não haverá diferença na quantidade de vacinas e que o Paraná será contemplado de acordo com os critérios técnicos”, disse.

Fonte Blog do Johnny

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *