Escola de Chopinzinho recebe premiação do Banco Central do Brasil

A Escola Municipal Visão do Futuro, que fica na zona rural de Chopinzinho, no Sudoeste do Paraná, foi uma das cinco premiadas pelo Banco Central do Brasil (BC) com um certificado de menção honrosa e R$ 15 mil em dinheiro. A cerimônia de premiação aconteceu nesta quarta-feira (23), no auditório do prédio do BC, em Brasília.

A escola se destacou entre os estados da região Sul por implementar projetos de educação financeira em sala de aula utilizando as diretrizes do programa Aprender Valor, iniciativa do Banco Central do Brasil, em parceria com o Fundo de Defesa de Direitos Difusos, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O programa objetiva ensinar a educação financeira a alunos do Ensino Fundamental das escolas públicas brasileiras a partir de uma abordagem transversal recomendada pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

O secretário de Estado da Educação, Roni Miranda, representado pelo técnico pedagógico do Departamento de Projetos da Educação Básica, da Secretaria da Educação (Seed-PR), Luciano Araújo, foi homenageado com um troféu pelo engajamento dos municípios do Estado ao projeto, por meio do Núcleo de Cooperação Pedagógica com Municípios (NCPM), onde atua outra premiada na mesma cerimônia: a técnica pedagógica Silvia Regina Darronqui.

A pedagoga foi homenageada pelo trabalho desenvolvido no ano letivo de 2022. “É uma honra estar no evento do programa Aprender Valor e receber esta premiação. Acompanho o desenvolvimento do programa no Paraná, junto ao Núcleo de Cooperação Pedagógica com Municípios, desde o piloto. É gratificante observar o engajamento das escolas do Estado no aprendizado da Educação Financeira. Isso evidencia que a lição de fato chegou até o estudante, impactando sua vida”, disse Silvia.

A escola Visão do Futuro, sob administração do Núcleo Regional de Educação (NRE) de Pato Branco, concorreu com outras 1.536 instituições de ensino do Paraná e outras 22 mil escolas públicas de ensino fundamental de todo o Brasil, cadastradas no programa. O Governo do Estado também apoia programas e metodologias de escolas municipais.

A instituição de ensino tem 39 alunos matriculados do 1º ao 9º anos do ensino fundamental, e a conquista do prêmio é resultado do bom desempenho de cerca de 20 alunos em avaliações com turmas dos 3º, 4º e 5º anos.

“Além de aplicar os projetos oferecidos pela plataforma do Banco Central, as professoras dos componentes de matemática e língua portuguesa trabalharam a educação financeira detalhadamente com os alunos. Nossa escola é pequena, mas verdadeiramente comprometida com a aprendizagem”, ressaltou a diretora Angelita Giacomin Ferrarini, que recebeu a premiação em nome da escola.

O Paraná participa do Aprender Valor desde a primeira fase, no início de 2020. Em agosto de 2023, o Estado já responde por 1.122 escolas municipais e 415 estaduais cadastradas no programa. “Essa é uma conquista que vem sendo consolidada nos últimos anos. Estou muito honrado com o reconhecimento do Banco Central ao nosso esforço, porque no Paraná temos a missão de formar gerações que saibam administrar melhor os seus recursos”, afirmou o secretário Roni Miranda.