Foz já tem novo ciclo de crescimento, diz Chico Brasileiro

Investimentos públicos e privados superam R$ 3 bilhões e prefeito adianta novidades para os próximos dias

O prefeito Chico Brasileiro (PSD) destacou neste sábado, 21, que a conjunção de investimentos públicos e privados em Foz do Iguaçu pode passar de R$ 3 bilhões, dos quais parte dos empreendimentos será entregue nos próximos dois anos. “Teremos mais novidades nos próximos dias. Em parceria com o Governo do Estado, estamos vendo um terreno para a construção de um museu que deve ser anunciado pelo governador Ratinho Junior”, disse.

Chico Brasileiro adiantou ainda que um grupo empresarial vai anunciar em breve mais um investimento de porte em Foz. “Esse empresário da região, que é nativo de Foz do Iguaçu, em breve vai anunciar mais um grande investimento. Eu acredito que virá mais de R$ 2 bilhões em investimento privados nos próximos anos”, disse o prefeito que citou a reportagem do GDia.

O papel da prefeitura, segundo Chico Brasileiro, é fazer a articulação com os governos estadual e federal, dar condições e ser indutora dessa nova fase de desenvolvimento. “Queremos a cidade lá na frente, que receba esses investimentos público e privado. As pessoas que visitam a cidade devem encontrar uma cidade limpa, organizada, bem estruturada”, disse.

Corredor
Neste sentido, destaca ainda o prefeito, a importância da pavimentação do corredor turístico formado pelas avenidas Costa e Silva, Paraná, República Argentina e General Meira. “Costa e Silva é o acesso de 90% dos turistas que vêm para Foz do Iguaçu. É o grande corredor de entrada de Foz e por isso, está recebendo as obras de pavimentação e de paisagismo”.

A região do Porto Meira, reitera o prefeito, está se tornando um grande centro turístico e vai se consolidar com o término da segunda ponte e de novos empreendimentos. “Os investidores já identificaram todo o potencial de retorno. Investir em Foz é ter um porto seguro, é saber que vai ter retorno, porque o turismo, a visitação, os serviços e o comércio só vão crescer”.

“Este é um momento importante de compartilhar com a comunidade essa confiança para que o iguaçuense possa cada vez mais incorporar este espirito de defesa da cidade de trabalho de dedicação por Foz. Que cada um cuide da cidade, do seu quintal, da sua rua. Com esse cuidado, Foz do Iguaçu vai se transformar num grande celeiro do turismo do Brasil e grande referencia do turismo internacional”, completa.