Governo do Paraná aguarda liberação da Anvisa para iniciar compra de vacinas contra coronavírus

O Governo do Paraná afirmou nesta terça-feira (8) que está disposto a negociar com todos os laboratórios que testam vacinas contra o novo coronavírus, antes, porém, vai aguardar a liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“O Governo do Estado do Paraná está agindo para trazer vacinas com eficácia garantida e que possam ser usadas com segurança pela população no menor tempo possível, tendo reservado R$ 200 milhões para a aquisição daquela que apresentar os resultados mais satisfatórios. O Estado está aberto a negociar com todos os laboratórios que vêm testando vacinas contra o coronavírus, mas aguarda liberações do órgão regulador federal”.

Este posicionamento foi divulgado pelo Executivo estadual após uma reunião entre governadores e o ministro da Saúde Eduardo Pazuello.

A previsão de Pazuello é de que a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca tenha o registro aprovado na Anvisa no fim de fevereiro de 2021.

O governo federal destinou R$ 1,99 bilhão para a produção e/ou a aquisição de 100 milhões de doses da chamada vacina de Oxford.

“A reunião desta terça-feira (8) mostrou que o Ministério da Saúde está empenhado com a vacinação contra o novo coronavírus e acredita no Programa Nacional de Imunização (PNI), uma das grandes conquistas da saúde pública”, afirmou o Governo do Paraná.

Ainda conforme a nota do governo estadual, o Ministério da Saúde garantiu distribuição igualitária e na quantidade necessária da vacina para todo o Brasil, desde que aprovados pela Anvisa.

G1 Paraná/Foto: Rodrigo Feliz Leal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *