“Governo federal abandona estradas pedagiadas”, diz Romanelli

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) disse nesta quarta-feira (2) que o governo federal abandonou as rodovias federais (BRs) que formavam o Anel da Integração. “É um absurdo o que está ocorrendo. O governo federal largou as estradas que eram pedagiadas. As pistas estão sem conservação, o mato está crescendo e a sinalização está precária. Um risco enorme para os motoristas”, disse.

Na manhã desta quarta, um caminhão colidiu com a praça de pedágio da BR-277 na Serra de Luís do Purunã, na ligação entre Curitiba e o interior. Relatos apontam que o acidente ocorreu por falta de sinalização e de iluminação na praça durante uma forte cerração.

“Este descaso é proposital. O governo federal atrasou de propósito o debate e todo o processo sobre o novo modelo de pedágio, e agora deixa de investir em serviços de conservação. Uma estratégia nefasta para justificar um pedágio caro que estão tentando impor à sociedade paranaense”, criticou Romanelli.

O deputado disse ainda que está bastante preocupado com a situação das rodovias nas próximas semanas com o início do transporte da safra. “Teremos um aumento considerável no número de caminhões vindos do Norte e do Oeste em direção ao Porto de Paranaguá. As estradas, sem a devida manutenção, não vão suportar esse tráfego.