HU pede medidas mais duras para conter avanço da Covid-19

Com a ocupação dos leitos SUS para Covid-19 acima da capacidade ideal de atendimento, ou seja, superior a 100%, a superintendente do HU (Hospital Universitário), Vivian Feijó, encaminhou um ofício ao prefeito Marcelo Belinati (PP) pedindo mais medidas restritivas para tentar frear o ritmo de contágio da doença em Londrina. Por causa da superlotação, o pronto socorro da unidade foi fechado às 24 horas na tarde desta quarta-feira (24).

Folha de Londrina/Foto reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *