Hussein Bakri garante retomada das obras do CEEP em Medianeira

Paralisada desde 2014, a construção do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Medianeira já tem data para ser retomada. Numa articulação do deputado Hussein Bakri (PSD) junto à Secretaria da Educação (SEED) e ao Fundepar (Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional), a nova licitação será aberta em outubro, com reinício da obra previsto para março de 2022. Os trabalhos receberão investimento de R$ 7 milhões e deverão durar um ano.


“Essa obra gerou uma expectativa enorme para toda a região, que daria um salto enorme na qualidade do ensino e na formação profissional de centenas de jovens. Por isso, em parceria com o prefeito Antonio França, fizemos uma articulação intensa junto à SEED para que a construção pudesse ser retomada. E o resultado desse trabalho veio hoje, com a confirmação do reinício da obra, já com todo o cronograma definido”, comemorou Hussein Bakri, que é Líder do Governo e Presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa.


Além de Bakri, participaram da reunião direto de Curitiba o secretário da Educação, Renato Feder, e o diretor-presidente da Fundepar, Marcelo Bueno. De forma virtual, estiveram presentes o prefeito Antonio França e o vice Evandro Mees; a chefe do Núcleo Regional de Educação, Silvana Garcia; o presidente da Câmara de Vereadores, Marcos Berta; a secretária municipal de Educação, Clair Rugeri; Rita Maria Schierholt, do Conselho de Desenvolvimento de Medianeira; o presidente da Associação Comercial local, Ademir Pereira; e o presidente da seccional da OAB, Rafael Frandoloso.


Apesar de não estar envolvida na Operação Quadro Negro, que investigou desvio de recursos públicos de escolas estaduais, a construção do CEEP no Parque Independência acabou paralisada pelo Tribunal de Contas do Estado juntamente com mais de 100 obras. Desde então, os trabalhos não passaram da estruturação básica do prédio. No Governo Ratinho Junior, foi então traçado um plano de retomada dessas obras e atualizado cada projeto para novas licitações, entre elas a de Medianeira.

Com o apoio do Ministério da Educação dentro do programa Brasil Profissionalizado, o Centro Estadual de Educação Profissional de Medianeira tinha projeção original de 6.500 metros quadrados, em um terreno de 20 mil metros quadrados, compreendendo salas de aula laboratoriais, bibliotecas, cozinha, refeitório, anfiteatro, banheiros, quadra esportiva e bloco administrativo. A pretensão inicial era atender cerca de 1.200 alunos em cursos técnicos de nível médio como automação industrial, eletromecânica e refrigeração/climatização.

Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *