Instituição do Paraná oferece 14 bolsas de estudos, completas, para curso de medicina

Economia chega a R$ 750 mil ao fim da graduação; Vagas são para alunos de escolas públicas, que fizeram o ENEM e têm baixa renda

O curso de medicina sempre foi o mais disputado nas universidades públicas brasileiras. No vestibular de 2018 da Universidade Estadual de São Paulo, foram 8.147 inscrições para 90 lugares disponíveis, o que significa 312,7 candidatos por vaga.

Para ajudar a transformar o sonho de se tornar médico em realidade, o Centro Universitário Integrado oferece 14 bolsas de estudos completas para o curso de medicina. Quem conquistar uma delas vai economizar, ao fim de seis anos de graduação, R$ 750 mil.

As bolsas de estudos são destinadas aos ingressantes do segundo semestre de 2022. A taxa de inscrição para o processo seletivo de bolsas é de R$ 200,00 e os interessados podem se inscrever até o dia 06 de junho, no site www.grupointegrado.br/medicina

“Essa é uma excelente oportunidade para estudantes de todo país cursarem essa graduação. A qualificação melhora as condições de saúde da população e também a vida dos acadêmicos – que terão uma formação com visão generalista e integral, humanizada e ética para servir as pessoas”, explica o diretor do curso de Medicina do Centro Universitário Integrado, Marco Aurélio Marangoni.

Desde 2018, quando iniciou o curso de medicina, o Integrado já concedeu 47 bolsas de estudos completas para essa graduação.

Requisitos
Os candidatos inscritos no processo seletivo serão selecionados, exclusivamente, pelo resultado obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), nas edições realizadas nos anos de 2019, 2020 ou 2021.

Para concorrer a uma das vagas que garante cobertura total do valor das parcelas da graduação, o candidato deverá cumprir alguns requisitos, como não ser beneficiário de qualquer outro tipo de bolsa, não ser portador de diploma de curso superior, ter cursado o Ensino Médio em escola pública ou ter sido bolsista integral em escola privada, além de ter a renda familiar per capita abaixo de um salário mínimo e meio.

As bolsas não serão concedidas a acadêmicos que já tenham vínculo com o curso de medicina do Integrado e aos estudantes que não tenham concluído o Ensino Médio até o início do ano letivo do curso.

Pontuação extra
Os estudantes que concluíram o Ensino Médio na Comunidade dos Municípios da Região de Campo Mourão (COMCAM) serão beneficiados com 20 pontos, acrescentados na média geral do ENEM.

Fazem parte da COMCAM 25 municípios: Altamira do Paraná, Araruna, Barbosa Ferraz, Boa Esperança, Campina da Lagoa, Campo Mourão, Corumbataí do Sul, Engenheiro Beltrão, Farol, Fênix, Goioerê, Iretama, Janiópolis, Juranda, Luiziana, Mamborê, Moreira Sales, Nova Cantu, Peabiru, Quarto Centenário, Quinta do Sol, Rancho Alegre D’Oeste, Roncador, Terra Boa e Ubiratã.

“Essa é uma maneira de a instituição privilegiar os estudantes da região, fortalecer os vínculos com a comunidade e formar bons profissionais aqui mesmo, sem que precisem mudar de cidade” explica Marangoni.

Estrutura de ponta
A formação em medicina no Centro Universitário Integrado envolve aprendizagem prática desde os primeiros dias de aula, integração, interdisciplinaridade e contextualização.

Os acadêmicos utilizam aparelhos de última geração, laboratórios de simulação realística, morfofuncional, ultrassom, habilidades médicas, simulação de desastres e os laboratórios específicos de Anatomia Humana, Microbiologia, Imunologia, Parasitologia, Patologia e Anatomia Patológica, Fisiologia e Bioquímica.

Além disso, os estudantes têm à disposição o Centro Cirúrgico Educacional, salas de tutoria e o Ambulatório Acadêmico de Especialidades Médicas – que é uma estrutura com mais de 1.800m² onde, supervisionados por um professor médico responsável, os alunos fazem atendimentos gratuitos a pacientes da rede pública de saúde de Campo Mourão região.

Por mês, são realizados cerca de 800 atendimentos, em mais de dez especialidades clínicas e cirúrgicas.

Hospital simulado
Outro diferencial na graduação de medicina do Integrado é o Hospital Simulado. A infraestrutura permite que o estudante realize procedimentos em cenários realísticos, criados com a ajuda de simuladores de alta fidelidade.

“Dessa forma, toda teoria aprendida em sala de aula é utilizada na prática, de forma que o estudante teste conhecimentos e habilidades desde o primeiro dia que entra na universidade, adquira experiência e segurança para o momento de atender pacientes e realizar práticas complexas”, destaca Marco Aurélio Marangoni.

Vestibulares
Além do processo seletivo para oferta de bolsas de estudos, o Centro Universitário Integrado também está com inscrições abertas para o Vestibular de Medicina, cuja taxa de inscrição é de R$ 300,00 e pode ser dividida em três vezes no cartão de crédito. O edital pode ser consultado em www.grupointegrado.br/medicina

Já o Vestibular de Inverno – que é válido aos demais cursos de graduação presencial – tem inscrições gratuitas e o edital pode ser conferido no www.grupointegrado.br/vestibular Os aprovados também concorrem a bolsas de estudos de até 100%.

Foto: Centro Universitário Integrado