Leandre busca expansão do Cidade Amiga do Idoso para todo o Paraná

Secretário Ney Leprevost designou uma equipe da SEJUF para percorrer o Paraná em busca da adesão dos municípios ao programa da OMS

A deputada federal Leandre (PV-PR) esteve na sede da OPAS/OMS (Organização Pan-Americana da Saúde) para uma reunião sobre a expansão do Programa Cidade Amiga do Idoso no Estado do Paraná. A reunião contou com a participação da representante da OPAS e da OMS no Brasil, Dra. Socorro Gross, e do secretário da Justiça, Família e Trabalho do Paraná (SEJUF), Ney Leprevost, por videoconferência.

“A gente vem trabalhando desde 2016 com a OPAS/OMS no Programa Cidade Amiga do Idoso. Já foram certificados 12 municípios, temos mais 13 que já iniciaram o processo de certificação, e temos muitos que querem aderir. Mas para ter escala é necessário o engajamento do Estado”, afirma a deputada Leandre.

O programa Cidades Amigáveis às Pessoas Idosas da OMS possui estratégias locais, abrangendo várias frentes da sociedade para preparar os municípios e garantir ambientes que acolham as alterações físicas e sociais decorrentes do envelhecimento. Essa visão também beneficia outras fases do curso de vida dos cidadãos, tornando as cidades amigáveis, não apenas para os idosos, mas para todas as pessoas que vivem nela.

“A OMS/OPAS entende que pode ser um feito histórico desde o início da existência do programa e ter um Estado inteiro com suas cidades certificadas”, completa a deputada.

O secretário Ney designou uma equipe que irá percorrer as regionais da SEJUF para sensibilizar os municípios para a adesão ao programa. Ele estabeleceu meta de até o final do ano ter alcançado pelo menos 80% das cidades paranaenses.

Assessoria