Lei eleitoral deve mudar para a disputa de 2022

O presidente da Câmara Federal, Artur Lira (PP/AL) pretende indicar um grupo de deputados federais para estudar mudanças na Lei Eleitoral e o principal ponto a ser discutido é a revisão da cláusula de barreira, que pode tirar de diversos partidos o fundo eleitoral, o fundo partidário e o horário gratuito na televisão e no rádio.

Além da flexibilização, Lira deseja a criações de federações partidárias e um modelo de distritão, onde se elegem os mais votados.

Para valer na próxima eleição, o Congresso Nacional tem que aprovar a proposição até um ano antes de entrar em vigor.

Blog do Tupan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *