Mais de 11 milhões pessoas assistem às Cataratas do Iguaçu no Fantástico

Durante cinco minutos, a vazão das Cataratas do Iguaçu foi destaque no Fantástico, revista dominical da Globo assistida por mais de 11,4 milhões de pessoas em 15 regiões metropolitanas do país nos canais da emissora – aberto, por assinatura, sites e portais. “Esta semana, as Cataratas do Iguaçu registraram uma quantidade monumental de água: a vazão chegou a 24 milhões de litros por segundo – um volume histórico”, aponta o noticioso.

Segundo a concessionária do parque, 24.588 pessoas visitaram as Cataratas do Iguaçu durante os quatro dias do último feriado, de 2 a 5 de novembro. Em outubro, foram 169.281 visitas e no acumulado do ano, foram 1.513.548 visitantes, uma recuperação de 93% em relação a 2019, quando o parque registrou o recorde histórico de mais de dois milhões de visitantes.

O programa da Globo aponta ainda que a vazão considerada normal nas Cataratas do Iguaçu é de 1,5 milhão de litros de água por segundo. Agora, por causa do nível muito acima do comum, a passarela principal do passeio foi interditada.

O Fantástico traz ainda as medidas de segurança tomadas pela concessionária em relação às visitas em alguns dos atrativos na área de visitação e o encantamento dos turistas em relação à força das águas e belezas das quedas.

Ibope
A mídia gratuita e positiva gerada pelo programa da Globo potencializa a exposição das Cataratas do Iguaçu nos principais centros emissores de turistas no Brasil. A média do Ibope do Fantástico é de 16 pontos de audiência. A Globo estima que pelo menos 76 milhões de pessoas a sintonizam durante pelo menos um minuto.

Em 2023, um ponto de audiência equivale a 76.953 domicílios (206,6 mil pessoas a cada ponto) sintonizados na Grande São Paulo, 12 mil (32 mil pessoas a cada ponto) na região metropolitana de Curitiba, 4,1 mil (10,7 mil pessoas a cada ponto) na região de Florianópolis e 16,4 mil (40,2 mil) na Grande Porto Alegre.

A Kantar Ibope Media aponta que cada ponto de audiência nas 15 regiões metropolitanas aferidas regularmente representa 268.083 domicílios e 717.088 pessoas, o que representa 11,4 milhões de pessoas, mas não incluem, por exemplo, as regiões das grandes do Paraná, do interior de São Paulo – fora Campinas que está no mapa -, de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Em 2023, os principais estados emissores de turistas ao parque foram Paraná, São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Espírito Santo.