Olimpíadas de Tóquio: vôlei feminino está na semifinal

Pelas quartas de final do torneio feminino de vôlei das Olimpíadas de Tóquio, o Brasil encarou a Rússia e venceu por 3 sets a 1, com parciais de 23/25, 25/21, 25/19 e 25/22. Assim, a seleção brasileira continua invicta e avança para a semifinal, quando enfrentará a Coreia do Sul, que eliminou a Turquia.

Na saída da partida contra o Quênia, a última pela fase de grupos, o treinador José Roberto Guimarães já avisava que, para vencer as russas, era preciso fazer elas se mexerem em quadra. Ele explicava que quando as atletas tinham liberdade para se posicionarem, elas faziam prevalecer a força do ataque.

O técnico ressaltava que era preciso sacar bem e ajustar a defesa. Zé Roberto afirmou que o sistema defensivo era a parte que o time brasileiro mais tinha espaço para evoluir. Ele também acrescentou que, apesar de se classificar em quarto no grupo, as russas vinham numa crescente e eram adversárias perigosas.

E o treinador brasileiro tinha muita razão. Após um primeiro set de domínio russo, em que elas estiveram na frente o tempo todo e atacaram com mais facilidade, o Brasil passou a forçar o saque e quebrar o passe russo a partir da segunda parcial, dificultando o jogo das adversárias e assumindo as rédeas do jogo nos três sets seguintes para conseguir a virada e vencer por 3 sets a 1. Macris e Rosamaria, que saíram do banco, foram peças decisivas para o grande triunfo.

UOL/Imagem: Julio César Guimarães