OMS pede vacinas e alerta que ômicron representa risco global “muito alto”

A variante ômicron representa um risco global “muito alto” e poderá se espalhar pelos territórios de diferentes continentes de forma acelerada. O alerta foi feito hoje pela OMS (Organização Mundial da Saúde), num documento enviado aos governos, pedindo que maior atenção seja dada para impedir que uma nova fase da crise sanitária saia de controle.

A entidade fez ainda um apelo para que doses de vacinas sejam distribuídas aos países mais pobres e que a mutação é prova de que a pandemia apenas vai ser controlada quando ela for freada em todas as partes.

De acordo com a entidade, em alguns locais, a mutação do vírus da covid-19 poderá ter “graves consequências”. Na semana passada, o governo sul-africano alertou a agência sobre a identificação da nova mutação do vírus da covid-19. E, como consequência, governos em várias regiões do mundo passaram a colocar barreiras para diversos países africanos, gesto que foi criticado pela OMS.

UOL