Ondas de calor castigam Portugal, Espanha, França e Itália

Ondas de calor e incêndios florestais em série colocaram em alerta grande parte da Europa Ocidental no fim de semana. Portugal, Espanha, França e Itália lidam com focos de incêndio provocados pelo calor e a falta de chuva, com temperaturas frequentemente passando dos 40º C castigando grandes áreas do continente.

As chamas fogem do controle principalmente na Espanha e na França, onde bombeiros trabalham incansavelmente para dominar o fogo. Em emergência, o Reino Unido se prepara para termômetros acima de 37º C nos próximos dias – uma temperatura muito elevada para os padrões britânicos.

Os espanhóis enfrentam 30 focos de incêndio ativos, a maioria atinge as províncias de Extremadura, Galícia e Astúrias. Mais de 600 homens foram deslocados para combater as chamas, que resistem em meio a temperaturas acima de 40ºC. O calor, associado a outras doenças pré-existentes em idosos, já matou 360 pessoas no país nos últimos dias.

Na França, os incêndios tiraram ao menos 16 mil pessoas de suas casas na região de Bordeaux. O fogo também atinge a costa do Mediterrâneo – destino veraneio muito popular na Europa. Segundo os meteorologistas, o calor deve se espalhar pela costa atlântica do país – geralmente mais acostumada a temperaturas amenas.

Em Portugal, o calor deu uma trégua nos últimos dias, caindo de 47º C para 42 º C, o que permitiu o controle de alguns focos no norte do país. Desde o começo do mês, 238 idosos morreram no país por causa do calor.