Procuradoria abre inquérito civil para investigar suspeita de propina em vacinas

A Procuradoria da República do Distrito Federal abriu inquérito civil sobre o suposto pedido de propina por parte de Roberto Ferreira Dias, ex diretor de Logística do Ministério da Saúde, caso revelado pela Folha.

O inquérito tem como objetivo apurar possíveis atos de improbidade administrativa práticas pelo então diretor e outros agentes públicos e privados, segundo portaria publicada nesta sexta feira (23). Informações da Folha de S. Paulo.