Programa Leite das Crianças completa 18 anos

Uma das ações do Governo do Estado mais importantes para garantir a segurança alimentar e nutricional de crianças na primeira infância, o Programa Leite das Crianças (PLC), completa 18 anos de existência nesta sexta-feira (14). Criado em 2003 e com presença em todo o território paranaense, é também um dos mais longevos em execução pelo Poder Executivo Estadual.

O programa foi estruturado como auxiliar no combate à desnutrição infantil, por meio da distribuição gratuita e diária de um litro de leite a crianças de seis a 36 meses, pertencentes a famílias cuja renda por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo regional. De outro lado, é um incentivador da produção e garantia de compra de leite, particularmente de produtores familiares.

“O Leite das Crianças é uma política pública preventiva, pois o consumo de leite de qualidade nessa idade possibilita mais saúde e melhor desenvolvimento da criança”, diz o secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara. “Além disso, tornou-se fundamental para garantir renda a produtores de leite e a manutenção de empregos no campo”.

De 2003 a 2020, a média diária de crianças atendidas pelo programa foi de 127.896. Durante esse período, foram doados 785,5 milhões de litros de leite. O Estado investiu mais de R$ 1,2 bilhão na compra do produto. Atualmente, 5,2 mil produtores e 40 usinas estão cadastrados para fornecer leite. Há 1.309 pontos de distribuição nos 399 municípios paranaenses.

“Se fôssemos analisar apenas os números já teríamos bastante para comemorar nestes 18 anos, mas os benefícios são muito maiores”, destaca a chefe do Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional (Desan), Márcia Stolarski. “A oferta regular do leite pasteurizado enriquecido com vitaminas e sais minerais garante nutrientes essenciais ao crescimento da criança, ajuda a manter o peso e a altura ideais para a idade, melhora a imunidade, previne a desnutrição e a anemia”.

Foto: SEAB/AEN