Sesa confirma transmissão comunitária da variante delta no Paraná

A transmissão comunitária da variante delta do novo coronavírus foi confirmada na tarde desta quarta-feira (28) no Paraná pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). O Ministério da Saúde e a Fundação Oswaldo Cruz (Frocruz) também confirmaram a transmissão da variante, conhecida por ser mais transmissível, porém não necessariamente mais fatal.

Conforme a pasta, a transmissão comunitária ocorre quando há o contágio entre pessoas no mesmo território, entre indivíduos sem histórico de viagem e sem que seja possível definir a origem da transmissão.

Segundo a secretaria, mesmo com a confirmação, a predominância no estado ainda é da cepa gama, que surgiu em janeiro – identificada inicialmente em Manaus.

“Diante desse quadro que requer atenção, mas não desespero, ressaltamos mais uma vez a importância fundamental das medidas não farmacológicas, que são o uso de máscara de proteção de forma correta, a higienização frequente das mãos e o distanciamento social, além da imunização na data que a dose estiver disponível”, afirmou Beto Preto, secretário de Saúde do Paraná.

G1 Paraná/Foto: Jose Fernando Ogura