Usina de biogás é inaugurada em Ouro Verde do Oeste

Foi inaugurada, em Ouro Verde do Oeste, a primeira usina híbrida de biogás e energia fotovoltaica em grande escala do País. O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou da inauguração e afirmou que este tipo de empreendimento vem ao encontro da bandeira defendida pelo Governo do Estado, de uma agropecuária forte aliada ao desenvolvimento sustentável.

O empreendimento da EnerDinBo de um lado garante a destinação correta de dejetos suínos e, de outro, possibilita a distribuição de energia para os suinocultores cooperados à empresa. A usina está operando há dez meses e começou a distribuir energia para a rede elétrica há 20 dias. O investimento foi de R$ 12 milhões, somando estrutura e equipamentos.

A unidade de biogás tem capacidade para processar 700 toneladas de dejetos de suínos por dia. Já a fotovoltaica, em processo de instalação, terá até janeiro capacidade instalada de 500 quilowatts/hora. O sistema integra 40 suinocultores. A energia gerada será usada para compensar o consumo energético nas granjas das empresas do grupo.

“Essa usina fecha um ciclo da cadeia produtiva, em que o dejeto da produção do suíno deixa de ir diretamente para o solo e para o rio, se transforma em energia e também em adubo, que retorna ao produtor rural”, disse o governador.

Ratinho Junior destacou que a iniciativa reforça ainda mais a qualidade da agropecuária do Estado. “É um selo verde para a suinocultura paranaense, que já é muito forte, e reforça ainda mais a vocação paranaense para a produção de comida aliada à preservação ambiental”, afirmou.

Foto: AEN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *