Arcebispo de Aparecida: ‘Para ser pátria amada não pode ser pátria armada’

O arcebispo de Aparecida (SP), Dom Orlando Brandes, afirmou hoje que o Brasil, “para ser pátria amada não pode ser pátria armada”, durante uma missa para celebrar o dia de Nossa Senhora Aparecida.

“Para ser pátria amada seja uma pátria sem ódio. Para ser pátria amada, uma república sem mentira e sem fake news. Pátria amada sem corrupção. E pátria amada com fraternidade. Todos os irmãos construindo a grande família brasileira,” Dom Orlando Brandes.

A fala do religioso foi aplaudida pelos presentes.

UOL