Faciap Mulher faz primeira reunião presencial de 2021

Integrantes da Faciap Mulher, representando todas as Coordenadorias e regiões do Estado, participaram da primeira reunião presencial da gestão iniciada em janeiro, cuja presidente é a industrial Denise Pierin.

O encontro ocorreu nos dias 23 e 24 de agosto, na Associação Comercial e Industrial de Maringá (ACIM) e foi coordenada pela Presidente Denise Pierin e pela consultora empresarial Andréa Monteiro, especialista em planejamento estratégico.

Para que as ações da Faciap Mulher sejam realizadas de uma forma mais dinâmica foram criados grupos de trabalhos, que atuarão em conjunto, porém, assumindo a responsabilidade sobre as ações. Entre esses grupos estão Relações Públicas, Marketing, Eventos, Inovação e Financeiro.

Nos dois dias de trabalho focaram nos planos de ação e alinharam novas ações da entidade para os próximos meses. A metodologia sugerida aos grupos de trabalho foi o 5W2H1R, que visa auxiliar nas tomadas de decisão e facilita o planejamento dessas ações, sempre com ênfase nos resultados desejados.

Fast Training
Entre os resultados positivos deste encontro foi a criação do programa Fast Training, que consiste em treinamentos rápidos que serão realizados a cada macro encontro, ministrado por uma das Diretoras. O primeiro deles foi aplicado pela Coordenadora Cacileste Mulher Suelen Motta, sobre o tema mídias digitais, ênfase em Instagram.

Associativismo
No segundo dia do encontro, as participantes interagiram sobre associativismo orientadas pela consultora do Sebrae-PR, Cristina Schneider.
“Aprendemos mais sobre os princípios do associativismo e do cooperativismo, que consistem em sete fatores principais: adesão voluntária e livre; gestão democrática; participação econômica; educação, formação e informação e; interação e interesse pela comunidade” disse Andrea.

Para a presidente Denise foi “uma nova compreensão da amplitude e alcance do associativismo em nossas comunidades”.
“Importante salientar que esses treinamentos tem o objetivo de ser replicados pelas nossas Coordenadoras em suas regionais, pois o conhecimento bom é aquele que é passado adiante.”

A meu ver foi importante esse reencontro presencial para nos reaproximarmos das participantes já conhecidas e, criar laços com as novas integrantes do grupo que só conhecíamos pelas participações on-line, afirmou a presidente.