Candidato paraguaio é preso por incitar atos contra resultado das eleições

O terceiro colocado nas eleições do Paraguai, Paraguayo Cubas, extremista que é comparado a Jair Bolsonaro (PL), foi preso preventivamente nesta sexta-feira (5) por incitar atos contra o resultado das eleições de domingo (30). Ele foi detido em San Lorenzo, a 18km de Assunção, enquanto fazia uma transmissão ao vivo no Facebook.

Matéria completa AQUI