Livro de Sergio Moro desmascara declaração mentirosa de Bolsonaro

Em dezembro de 2019, o Radar e outros veículos de imprensa mostraram como Jair Bolsonaro, já nos braços do centrão, tramava esvaziar os poderes de Sergio Moro no Ministério da Justiça.

Na ocasião, o presidente, sempre atacando a imprensa, tratou a crise como “mais uma fake news da mídia”. Pois bem. No livro que lança nesta semana, Moro confirma toda a articulação de Bolsonaro, mostrando que o presidente mais uma vez — são tantas que a contagem se perdeu — mentiu abertamente sem qualquer rubor.

“Se a pasta fosse dividida, não continuaria no governo de jeito algum (…) Concluí que ele simplesmente não confiava em mim e não desejava a minha presença no governo”, escreve Moro.

Matéria completa na VEJA