Moro se filia ao União Brasil

O ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sergio Moro reconheceu hoje que desistiu, “neste momento”, de disputar a Presidência da República. Em nota publicada em suas redes sociais, Moro confirmou que se filiou ao União Brasil e que não deverá concorrer ao Planalto em outubro.

Há a expectativa de que Moro passe a mirar uma vaga na Câmara dos Deputados por São Paulo, no novo partido, mas ele não tratou do assunto no comunicado. O ex-magistrado afirmou apenas que vai contribuir na busca por uma candidatura de terceira via à Presidência.

“Para ingressar no novo partido, abro mão, neste momento, da pré-candidatura presidencial e serei um soldado da democracia para recuperar o sonho de um Brasil melhor”, escreveu o ex-magistrado, que se opõe ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e ao presidente Jair Bolsonaro (PL), líderes nas pesquisas.

Moro fez a troca de legenda no penúltimo dia da janela partidária, que se encerra amanhã. Até então, o ex-ministro da Justiça estava filiado ao Podemos e vinha oscilando entre a 3ª e a 4ª colocação nas pesquisas para Presidente, sem chegar a alcançar dois dígitos de intenção de voto.

UOL