Presidente do Tribunal de Contas vai à Assembleia explicar ataques aos computadores do órgão

O presidente do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), conselheiro Fábio Camargo, participou da sessão plenária da Assembleia Legislativa do Paraná na segunda-feira (25) para comentar sobre o ataque cibernético sofrido pelo sistema de tecnologia de informação do órgão em 13 de maio deste ano. Ele prestou informações a cerca dos episódios que afetou os sistemas virtuais do TCE-PR. Ao ser questionado, Camargo garantiu que não houve qualquer tipo de prejuízo aos sistemas do Tribunal ou ao trabalho realizado pelo órgão.

O conselheiro explicou que o TCE enfrentou a contaminação por vírus com apoio do corpo técnico. “O mais importante no episódio é que não perdemos nenhum dado, pois todas as informações tinham backup. Nem a tramitação interna de processos ou de outros documentos foi afetada. A princípio, não houve prejuízos a nenhum munícipe ou município”, comentou.

Durante a fala de Fábio Camargo, o deputado Homero Marchese fez indagações e o presidente do TCE-PR disse que elas já tinham sido respondidas em sua apresentação e no vídeo apresentado aos deputados. Marchese não ficou satisfeito e disse que a apresentação do presidente do TCE-PR foi insatisfatória. (Com Assessoria ALEP)

Fonte:ContraPonto