Santin Roveda defende inclusão de novos roteiros no Pedala Paraná

O ex-prefeito Santin Roveda (União Brasil) defendeu nesta sesgunda-feira, 11, a inclusão do Circuito Interestadual de Cicloturismo do Vale do Iguaçu no Programa Pedala Paraná, além de criar um roteiro turístico da erva mate . “O circuito do Vale Iguaçu já existe e a inclusão do programa estadual vai consolidar de forma oficial este roteiro que será divulgado pelas peças de propaganda do Estado”, disse.

“Nossa região, além das atrações turísticas, tem várias fazendas com a produção de erva-mate. A ciclorrota é mais um apoio no incentivo ainda ao turismo rural nas fazendas produtoras da erva mate”, completa Santin Roveda, pré-candidato a deputado federal nas eleições de 2 de outubro.

O circuito do Vale do Iguaçu tem 378 quilômetros, o único interestadual no sul do país que passa por seis cidades: Porto Vitória, União da Vitória, Bituruna, General Carneiro – as quatro no Paraná; e Porto União e Irineópolis em Santa Catarina.

“São sete trechos com cachoeiras, vales, parques, balsas, pontes e passarelas, além de igrejas que podem incluir roteiros da produção ervateira”, disse,

Rotas ciclísticas – O plano do programa é ter a instalação de 100 ciclorrotas, com percursos de 30km a 50km. Cada município terá seu próprio roteiro, mas a proposta é interligá-los, para que os visitantes possam pedalar entre as regiões.

Dentre as estruturas básicas das rotas ciclísticas, estão placas de sinalização e totens de atendimentos, com ferramentas para conserto de bicicletas e mapa das rotas detalhando os níveis de dificuldade.

O Pedala Paraná é um programa da Superintendência do Esporte, com cooperação técnica da Universidade Federal do Paraná, Detran, Conselho Paranaense de Ciclomobilidade (Conciclo-PR), Sesc, Senac, Paraná Turismo e Paraná Projetos. Contam também com o apoio da Federação Paranaense de Ciclismo, Sebrae e municípios participantes

União da Vitória – Santin Roveda adiantou que a prefeitura de União da Vitória já tem um circuito cicloviário e está instalando os chamados bike reparos nas cachoeiras Cintura de Noiva, Bromélias e Usina Velha. A Rota das Cachoeiras, diz o ex-prefeito, é uma das mais visitadas na cidade. Nesses locais também serão instaladas placas sinalizadoras e de consciência ambiental.

Os reparos serão também instalados em dois pontos, na Igreja Ucraniana na localidade de Rio dos Banhados e na estrada sentido Paula Freitas – São Sebastião, e vão contar com bombas para encher pneus, chaves de roda e chaves para ajustes.

O Morro do Cristo e a Praça Campolim Ramos, no bairro Navegantes, também estão incluídos nas melhorias e vão receber a instalação de um balanço infinito.