Governadores assinam carta e pedem “pacto nacional” contra a Covid-19

Governadores de 25 estados se uniram nesta terça-feira, dia 9, para lançar uma carta conjunta conclamando um “pacto nacional” entre os três poderes da República para reforçar o combate à pandemia de Covid-19.

O texto estava sendo articulado há mais de três dias e precisou passar por ajustes no tom, sobretudo em relação ao governo Bolsonaro, para ter uma adesão maior entre governadores mais próximos do presidente.

O texto diz que “o nosso maior adversário” é o coronavírus. E defende medidas, como a “expansão da vacinação, “apoio a medidas preventivas” e “ampliação de leitos de UTI” como forma de “evitar o total colapso dos sistemas hospitalares em todo o país”.

Um dos trechos pede o apoio dos três poderes a ações de contenção do coronavírus, como o “incentivo ao uso de máscaras e o desestímulo a aglomerações”.

Os governadores também pedem que seja criado um “comitê gestor” formado por representantes do Planalto, dos governadores e do Congresso para acompanhar as medidas de combate à Covid-19.

A carta leva tanto a assinatura de governadores opositores, como João Doria (PSDB), Rui Costa (PT) e Eduardo Leite (PSDB), como de aliados do presidente, como Romeu Zema (Novo), Ronaldo Caiado (DEM) e Cláudio Castro (PSC).

Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *