Paraná adere ao Movimento Unidos pela Vacina

O governador Carlos Massa Ratinho Junior confirmou nesta quarta-feira (31) a adesão do Paraná ao Movimento Unidos pela Vacina. O projeto reúne diferentes organizações, entre entidades públicas e privadas, com o objetivo de acelerar o processo de vacinação no País.

“Esse é o momento de unir forças e buscar soluções para os muitos problemas que temos enfrentado por causa do aumento do número de casos de Covid-19. Especialmente agora, com essa nova cepa, que já demonstrou ser muito mais transmissível”, afirmou Ratinho Junior.

O movimento já fez uma grande pesquisa de campo em todo o Paraná, levantando algumas necessidades dos 399 municípios, com apoio do Governo do Estado. Entre os pontos, por exemplo, se verificou que 80 cidades necessitam de mais insumos e apoio na logística para aplicação das vacinas, pontos que podem ser viabilizados pela iniciativa privada pela agilidade nas aquisições.

MOVIMENTO – O Movimento Unidos pela Vacina quer facilitar a distribuição do imunizante contra a Covid-19 para todos os brasileiros até setembro. A ideia é apoiar o Sistema Único de Saúde (SUS) com soluções de logística e compra de insumos. O movimento é coordenado pelo Grupo Mulheres do Brasil, que tem mais de 75 mil participantes.

No Paraná, o projeto conta com o apoio de entidades como Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Associação Comercial do Paraná (ACP), OAB-PR, Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap) e Sistema Ocepar, entre outros.

Foto: Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *